Cidadão do Povo
Mauricio Dias

A dona do cachorro morto a tiros por um policial militar afirmou que está com medo de sofrer retaliações por parte do autor do crime e organiza mudança de Teixeira de Freitas, extremo-sul baiano. O ataque foi flagrado por câmeras de segurança. O PM e a dona do animal prestaram depoimento à Polícia Civil.

"Vim a trabalho, mas não quero mais ficar aqui e vou embora para outra cidade. Foi algo se explicação. A gente [ela e o marido] está pedindo transferência. Meu medo maior é voltar para casa e acontecer alguma coisa comigo, porque ele [o policial] deu os esclarecimentos dele e voltou para casa. Só volto lá [no condomínio] para retirar minhas coisas", relatou a advogada tributarista Bruna Holtz.

O casal mora na cidade há cerca de um mês e o crime aconteceu no condomínio no sábado (13). Holtz contou que recebeu recado do policial, que se dizia incomodado pela presença dos seus dois cachorros. O bilhete teria sido enviado um dia antes, na sexta-feira (12).

Leia mais...

Mais de 20 detentos da delegacia de Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador, fugiram na noite do domingo (14). De acordo com a Polícia Civil, a fuga aconteceu por volta das 23h, e 25 presos conseguiram escapar após abrir o teto da carceragem, que fica nos fundos da delegacia.

Os policiais que estavam de plantão na unidade perceberam a movimentação e pediram o apoio da Polícia Militar. Os militares do 12º Batalhão da PM (Camaçari) e da Cipe Polo estiveram no local e conseguiram conter a fuga dos demais detentos.

Três dos 25 presos foram recapturados na madrugada desta segunda-feira (15). Ainda segundo a Polícia Civil, a carceragem tem capacidade para 16 pessoas, mas abrigava 54 detentos no momento da fuga. A forma como eles conseguiram abrir o teto da delegacia ainda não foi divulgada pela polícia. Uma perícia será realizada no local. Correio - Foto: Reprodução

O Ministério das Cidades anunciou que o prazo para a obrigatoriedade do extintor veicular do tipo ABC será prorrogado pela 3ª vez, por mais 90 dias. A data prevista de início para a validade da lei era 1º de julho. Foi enviado um pedido de adiamento ao Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), e uma resolução será publicada para a extensão do prazo. A nova data será definida a partir dessa publicação.

O primeiro adiamento do prazo ocorreu no começo do ano. A multa pela falta do extintor começaria em 1º de janeiro, mas, no dia 7 daquele mês, o governo mudou para 1º de abril. Em março, uma segunda resolução adiou a legislação para 1º de julho.

Em fevereiro, o G1 fez um levantamento em lojas de 5 estados, em busca do extintor ABC, e constatou que a maioria dos estabelecimentos consultados ainda não contava com o equipamento. Quando entrar em vigor, a resolução irá punir com multa de R$ 127,69, além de cinco pontos na carteira de habilitação, os motoristas que trafegarem com extintor que não seja do tipo ABC. Foto: Divulgação

O primeiro julgamento no Vaticano de um clérigo acusado de pedofilia começará no dia 11 de julho, anunciou o porta-voz da Santa Sé, Federico Lombardi, nesta segunda-feira (15). "O presidente do tribunal de Estado do Vaticano acusou o ex-núncio apostólico da República Dominicana Jozef Wesolowski. A primeira audiência acontecerá em 11 de julho", afirmou. Wesolowski é ex-arcebispo polonês e diplomata papal que foi destituído do sacerdócio no ano passado após denúncias de pagar crianças para realizar atos sexuais.

Renúncia de bispos

O Vaticano também anunciou nesta segunda que o Papa Francisco aceitou a renúncia de dois bispos americanos acusados de proteção a padres pedófilos. O arcebispo de Saint Paul e Minneapolis, monsenhor John Clayton Nienstedt, e seu adjunto, monsenhor Lee Anthony Piche, renunciaram depois que sua diocese foi acusada pelas autoridades dos Estados Unidos de não ter protegido menores de idade em relação a um padre que foi preso por abusos sexuais. Foto: Veja/Reprodução

A Polícia Federal (PF), em conjunto com a Receita Federal, realiza uma operação contra tráfico internacional de drogas e lavagem de dinheiro em 15 cidades do Paraná, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Bahia e Sergipe desde a madrugada desta segunda-feira (15). A operação foi batizada de Ferrari e cumpre 49 mandados judiciais. Até as 8h, nove pessoas haviam sido presas.

De acordo com os policiais, a organização criminosa mantinha casas em condomínios de luxo em Londrina, no norte do Paraná, e utilizava carros importados, além de embarcações de alto valor. O patrimônio da quadrilha foi avaliado pela PF em aproximadamente R$ 40 milhões.

Leia mais...

Mais um crime com características muito parecidas com execução chocou moradores do bairro Jacobina III, que agora contabiliza dois assassinatos no referido bairro em menos de um mês, deixando apreensivos seus habitantes, bem como a sociedade jacobinense. O crime aconteceu por volta das 21h40, quando um elemento ainda não identificado deflagrou três tiros a queima roupa no jovem Fabiano Mota Novais, 27 anos.

Conforme relataram populares que estavam nas imediações e não quiseram se identificar, a vítima se encontrava próximo a uma barraca de pastel em companhia de um sobrinho menor de idade, quando o assassino o teria chamado para uma conversa numa rua estreita que fica nas proximidades. Ali, o desconhecido fez os disparos que atingiram mortalmente Fabiano. O rapaz chegou a ser socorrido ao Hospital Antônio Teixeira Sobrinho, mas não resistiu aos ferimentos.

Cidadão do Povo - Jornalismo sem Censura - Foto: Bahia Acontece/Reprodução

Bebé , como era mais conhecido, morreu quando recebia atendimento médico no hospital municipal após sofrer o acidente tipo colisão frontal na Rua Reinaldo Jacobina Vieira,  próximo à Concessionária HONDA, onde trabalhava.

Agnaldo Ferreira Alves, 43 anos, que pilotava a outra moto, trabalha como mototaxista. Ele sofreu escoriações e foi transferido às 20:04h para Salvador. Já Albérico Dias de Lima, 37 anos, conhecido como Bebé funcionário da Tropical Motos não resistiu aos ferimentos e veio a óbito antes da transferência. Bahia Acontece

Mary Antônia, filha adotiva da sacerdotisa morta, alega perseguição

A cada mês, pelo menos duas pessoas no estado são agredidas, excluídas ou desrespeitadas por conta da religião, credo, culto ou práticas litúrgicas que escolheram seguir. O dado é do Centro de Referência de Combate ao Racismo e à Intolerância Religiosa Nelson Mandela, que desde 2014 já registrou cerca de 38 ocorrências desse tipo de crime, previsto no artigo 208 no Código Penal Brasileiro.

Este ano, a entidade - vinculada à Secretaria de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi) - já contabilizou 11 casos. Todos eles envolvem preconceito contra pessoas de religiões de matrizes africana. O mais recente envolve a morte de uma ialorixá de 90 anos em Camaçari (Grande Salvador).

Leia mais...

Uma família registrou boletim de ocorrência após uma criança, de 1 ano e meio, ficar quase cinco horas esquecida em dos quartos de uma creche municipal de Ibitinga (SP). O fato ocorreu na sexta-feira (12). De acordo com informações da família, a mãe da menina pediu ao pai que fosse buscar a criança às 17h30 porque ela sairia mais tarde do trabalho, mas quando o ele chegou na creche foi informado que ela já tinha sido levada.

“Como eu, meu marido ou a minha mãe costumamos buscá-la na escola, ele achou que a minha mãe teria levado ela para casa, mas só quando cheguei às 19h que fomos descobrir a confusão”, conta a mãe Natália Regina da Silva Rodrigues.

Leia mais...

A Polícia Militar publicou o resultado final do concurso feito pela corporação em 2012 nesta sexta-feira (12). Agora, os aprovados devem se apresentar na próxima sexta (19) para fazer uma avaliação psicológica. 

A lista de aprovados está no edital a partir da página 69.

Ao todo, 1.064 candidatos foram considerados aptos do universo de dois mil selecionados em março de 2015. O Curso de Formação de Soldados, no dia 29 de junho. Este concurso já convocou 5.695 candidatos. Não haverá uma nova chamada até a data limite.

Um crime na tarde desta quinta-feira (11) assustou a população do bairro Sobradinho, em Feira de Santana. Zorilson Kennon dos Santos Souza, 23 anos, foi executado na prota de casa com diversos tiros, que atingiram as costas, pescoço, tórax e braço esquerdo.
 
De acordo com o Sargento Borges em entrevista ao site Acorda Cidade, a população informou que dois homens em uma motocicleta chegaram atirando na vítima. Segundo ele, familiares informaram que Zorilson Kennon já teve envolvimento com drogas.
 
Os suspeitos ainda não foram identificados e segundo o delegado Carlos Lins,  envolvimento com tráfico será uma das linhas de investigação para chegar até os culpados. Porém, outras testemunhas serão ouvidas. Bocão - Foto: Reprodução

Uma colisão entre uma viatura da 43ª da Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Itamaraju) e um ônibus deixou um policial preso às ferragens na noite desta quinta-feira, 11, no município de Itamaraju, a 773 km de Salvador.

De acordo com o site Teixeira News, após o impacto da colisão, a viatura se chocou contra uma casa e um poste. O policial que conduzia o veículo, conhecido como Nogueira, ficou preso às ferragens e só foi retirado com a chegada de outras viaturas ao local. Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel e Urgência (Samu) também foi deslocada para prestar os primeiros socorros.

Nogueira foi levado para o Hospital Municipal de Itamaraju, com vários cortes e fortes dores no tórax, mas não corre risco de morte. Outro policial que estava na viatura e não teve o nome revelado, sofreu ferimentos leves, assim como o motorista do ônibus. Um inquérito policial foi instaurado pelo delegado Willian Telles, para apurar as causas do acidente. Foto: Reprodução | Site Teixeira News

O corpo do padre Antônio Alves de Almeida vai ser sepultado nesta sexta-feira (12) na cidade de Lajedo, em Pernambuco. O padre foi encontrado morto dentro de casa na noite de ontem na Boca do Rio. Ele tinha pés e pescoço amarrado e sinais de violência. Uma vizinha o encontrou dentro de casa, na rua Heitor Dias.

Uma equipe da Polícia Militar esteve no local por volta das 22h30 e isolou a área. Lá, os policiais encontraram o padre Almeida - como era conhecido - no chão de um dos cômodos, com cortes no pescoço, lesões na cabeça, pés e pescoço amarrados com corda de sisal. Ao lado do corpo havia um tijolo quebrado e uma faca. Ainda de acordo com a polícia, a casa do padre estava muito desarrumada, mas os autor do crime não levou o carro, um Chevrolet Corsa Sedan.

O corpo e as armas envolvidas no crime foram removidos pelo Departamento de Polícia Técnica (DPT) e encaminhados para o Instituto Médico Legal Nina Rodrigues (IMLNR). A autoria e a motivação do crime estão sendo investigadas pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Segundo a Arquidiocese de Salvador, o padre era capelão no Cemitério Bosque da Paz. Foto: Almiro Lopes/Reprodução

Ex-diretor de Marketing do Banco do Brasil, Henrique Pizzolato iniciou ontem (11/6) uma greve de fome para tentar evitar a extradição para o Brasil. Ele está preso na Itália e pode ser extraditado a partir de segunda-feira (15/6). Semana passada, o Tribunal Administrativo Regional de Lazio, na Itália, autorizou a extradição de Pizzolato. Os magistrados rejeitaram recurso protocolado pela defesa do ex-diretor contra decisão do governo italiano que autorizou a extradição para o Brasil.

A defesa de Pizzolato alegou que os presídios brasileiros não têm condições de garantir a integridade física dos detentos. O advogado do brasileiro, Alessandro Sivelli, avalia a possibilidade de apresentar recurso ao Conselho de Estado, última instância da Justiça administrativa italiana. Nesta quarta-feira, (10/6), por meio de nota, o Ministério da Justiça informou que o governo italiano autorizou a extradição de Pizzolato a partir do dia 15 deste mês. “As autoridades brasileiras estarão prontas para cumprir imediatamente o processo de extradição, salvo alguma decisão que altere o prazo estabelecido”, acrescentou a nota.

Leia mais...

A Corregedoria-Geral do Sistema de Segurança Pública do Amazonas iniciou uma investigação, nesta quarta-feira (10), após a divulgação de um vídeo que mostra supostamente um delegado de polícia mediando uma luta entre presos. As imagens teriam sido gravadas dentro da 70ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), no município de Juruá, a 673 km de Manaus.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), a corregedoria enviou uma equipe para Juruá para apurar as denúncias contra o delegado. Um procedimento de investigação já está tramitando na corregedoria. O prazo para fim da investigação não foi divulgado.

No vídeo que circula em redes sociais é possível ver um homem - supostamente o delegado - incentivando e atuando como mediador de uma briga entre dois detentos. Eles são incentivados a trocarem socos, chutes e golpes de artes marciais. Um homem vestido com fardamento da Polícia Militar também aparece nas imagens.

Leia mais...

A criança estava com os pais em um bar quando começou uma briga generalizada. O caso aconteceu em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte (MG). A criança acabou atingida por um taco de sinuca na cabeça e ficou gravemente ferida. O agressor fugiu.  Segundo a polícia, os pais têm histórico de maus-tratos e costumam ir para locais inadequados com o filho.



Os pais foram para o bar com a criança, chegaram a tarde, e foram embora a noite. Ficaram por volta de cinco horas consumindo bebida alcoólica.  A briga começou entre o pai da criança e um outro cliente. A mãe ficou protegendo o filho, mas na hora de sair correndo do local acabou caindo e sendo agredida . A criança continua no hospital, a mãe foi detida e vai responder por maus-tratos. Foto: Reprodução

Entre os onze presos nesta quinta-feira pela Polícia Federal durante a Operação Porto Victoria, contra uma quadrilha especializada em lavagem de dinheiro e evasão de divisas, está o ex-vice-presidente do Banco do Brasil Allan Simões Toledo, que hoje atua no Banco Banif. Além de Toledo foram presos doleiros e outros dois funcionários de alto escalão de instituições financeiras, segundo a PF. De acordo com o delegado Alberto Ferreira Neto, os investigados já tinham passagem pela polícia por crime de colarinho branco. Esta fase da Porto Victoria mirou os operadores do esquema - agora, a PF investiga os clientes do grupo.

Toledo trabalhou durante quase trinta anos no Banco do Brasil. Ele foi demitido em dezembro de 2011 pelo Conselho Administrativo do grupo por ter adotado algumas atitudes contrárias à posição dos diretores e do presidente do banco na época, Aldemir Bendine, de acordo com o jornal O Estado de S. Paulo. Em 2012, ele foi citado no relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) por movimentação atípica de um montante de 953.000 reais. O ex vice-presidente alegou que alguém, provavelmente de dentro do próprio banco, quebrou seu sigilo e falou que os depósitos foram feitos devido à venda de um imóvel.

Leia mais...

O ex-secretário municipal da Copa do Mundo em Curitiba Luiz de Carvalho foi preso nesta quinta-feira (11) pela Polícia Federal (PF), em uma operação contra evasão de divisas e lavagem de dinheiro entre o Brasil e outros países. Foram presas 11 pessoas suspeitas de, em três anos, lavar R$ 3 bilhões.

Das 11 prisões, oito ocorreram na capital paulista, uma em Araras (SP), uma em Resende (RJ), e uma em Curitiba. A PF solicitou à Justiça que sete suspeitos fiquem detidos temporariamente e quatro, de forma preventiva.

Luiz Carlos de Carvalho foi secretário municipal da Copa do Mundo até o fim de 2012, durante a gestão do ex-prefeito de Curitiba Luciano Ducci (PSB). Ele deixou o cargo após a troca no comando da administração municipal, que nomeou outro secretário para o posto. A PF informou que ele atuava como doleiro, mas não deu mais detalhes da participação dele no esquema investigado. A reportagem não conseguiu contato com Luiz de Carvalho.

Segundo a PF, o próximo passo da operação é a identificação dos clientes e motivos das movimentações financeiras. Foi pedido à Justiça o bloqueio de várias contas de passagens, que eram usadas para movimentar o dinheiro, além de imóveis. Também foi apreendido durante a operação R$ 1 milhão em espécie. Foto: Brunno Covello/SMCS/Divulgação

Robson Ribeiro Camacan era considerado foragido da Justiça desde outubro de 2014, após ser apontado como suposto autor do triplo homicídio registrado do distrito e Caraíbas, município de Umburanas, quando foram assassinados a tiros Tiago de 18 anos, sua mãe Marli e seu primo, conhecido como Niltão. Robson foi preso hoje por volta do meio dia no estado de Mato Grosso. O caso está sendo acompanhado por Dr Eduardo Brito coordenador da 16ª COORPIN e a depender da situação registrada em Mato Grosso, Robson pode ser recambiado para a Bahia. Bahia Acontece

O presidente da Câmara de Vereadores de Pilão Arcado, município do Vale do São Francisco da Bahia, sofreu um acidente de carro enquanto retornava de uma festa na cidade de Lagoa do Padre, a 70 km do município, na madrugada desta quinta-feira (11). Thaíso Rodrigues Ribeiro sofreu escoriações no braço e passa bem.

No veículo estavam ainda o irmão do vereador, Átila Rodrigues Ribeiro, e os amigos Alexandre Albuquerque Mangueira, João Firmino de Carvalho e Warley Lima Santana. Átila e Alexandre estão hospitalizados, mas passam bem. João, de 50 anos, e Warley, 27, morreram no local.

Segundo informações da Polícia Militar, o vereador Thaíso dirigia o carro, modelo Vectra, quando por volta das 4h30 capotou o veículo ao passar por uma curva. Ainda de acordo com a PM, um dos ocupantes do carro foi projetado para fora do veículo durante o capotamento e morreu na hora.

Equipes do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) prestaram os primeiros socorros às vítimas e em seguida encaminharam os sobreviventes para hospitais. O vereador e irmão foram levados para um hospital na cidade de Petrolina, onde seguem em observação. Alexandre Mangueira foi internado no Hospital Municipal Luís Eduardo Magalhães, em Pilão Arcado. Correio - Foto: Reprodução/Blog Vinícius de Santana

Cafe beira rio
Abreu