Cidadão do Povo
Mauricio Dias

   O corpo do rapaz estava enterrado no quintal da casa da mãe

Uma lavradora de 52 anos procurou a Polícia Civil na noite desta terça-feira (12) para confessar que matou o próprio filho, queimou os ossos e enterrou os restos mortais no quintal de casa há quatro anos em Terra Roxa, interior de São Paulo.

Segundo a polícia, a mulher disse ter cometido o crime porque era constantemente estuprada pelo jovem de 24 anos. A mãe afirmou ainda que nunca foi registrado boletim de ocorrência sobre o desaparecimento do filho, porque ela contou a familiares que o rapaz estava viajando.

Durante escavação, investigadores encontraram fragmentos de ossos e dois dentes humanos, além de pedaços de tecidos, que seriam das roupas usadas pelo rapaz. Os restos mortais foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) para análise.

O delegado Emerson Abade contou que a lavradora disse ter matado o filho com uma facada no pescoço dentro do banheiro, quando ele tentou estuprá-la. Em seguida, ela embalou o corpo em um cobertor e enterrou no quintal. Três meses depois, a mulher desenterrou e queimou os ossos também nos fundos da residência.

"Ela alegou que o filho praticava abusos sexuais contra ela, além de violência física. Então, não suportando mais essa situação, ela resolveu reagir a uma das investidas dele, que teria ocorrido no banheiro, conseguiu tomar a faca das mãos dele e golpeá-lo no pescoço", afirmou.

Na noite desta terça-feira, 12 de abril de 2016, uma jovem de 18 anos foi estuprada e teve o seu celular roubado por um elemento ainda não identificado em uma área conhecida como Condomínio Motinha em Jacobina.
 
Segundo informações, a jovem, que reside no Bairro Félix Tomaz, conheceu um rapaz pelas redes sociais Facebook e WhatsApp e depois de um tempo marcaram o encontro. Ao chegar no local a jovem descobriu que havia sido enganada, e que o seu pretenso namorado era um homem desprovido de beleza e usava fotos falsas no seu perfil. Ao negar uma aproximação e tentar deixar o local, que é escuro e isolado, a jovem acabou sendo atacada.
 
Uma guarnição da Polícia Militar foi acionada e realizou rondas, mas, até então não capturou o estuprador, que aparenta ter estorno de 30 anos, usava bermuda, duas camisas e de cor moreno escuro. A jovem foi levada até a casa de parentes, ficando de seguir nesta quarta (13) para registrar um boletim de ocorrência na delegacia local.

Foto: Reprodução/jucurunet.blogspot

Dois ex-secretários de Administração do município de Medeiros Neto, na região Sul da Bahia, foram presos na manhã desta quarta-feira (13) na segunda fase da operação Hera, que investiga desvios de dinheiro público na educação.

De acordo com a assessoria de comunicação da prefeitura, os dois ex-secretários são filhos do atual prefeito do município, Nilson Vilas Boas Costa (PSB). Um deles atuou na secretaria nos dois primeiros anos do mandato e foi substituído pelo irmão que deixou a pasta no final do ano passado. Os dois foram encaminhados para o presídio de Teixeira de Freitas.

A primeira fase da operação aconteceu no mês de março. Na ocasião, seis pessoas foram investigadas, o que resultou em duas prisões preventivas, dentre eles a secretária de Educação municipal. Além disso, foi decretado a indisponibilidade de bens de todos os envolvidos e o afastamento dos cargos públicos dos seis investigados.

De acordo com o Ministério Público Federal na Bahia (MPF-BA), a operação foi realiza em parceria com a Polícia Federal e pretende desarticular uma organização criminosa acusada de desviar verbas públicas do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

Um dos suspeitos de participar de um assalto que resultou na morte da engenheira civil, Érika Medrado Ferreira, no ano de 2014, em Irecê, morreu nesta segunda-feira (11), durante confronto com a polícia na cidade de São Desidério, região Oeste do Estado. Adalberto Ribeiro Lélis, vulgo “Betinho”, estava foragido da Justiça de Irecê e foi morto após assaltar estabelecimentos comerciais em Barreiras junto com outros comparsas.



Érika Medrado foi morta ao sair de sua residência, no bairro Coopirecê, quando dois homens armados em uma moto a surpreenderam. Os bandidos tentavam levar a bolsa da engenheira, mas ela teria reagido quando foi baleada. Érika foi atingida com três tiros no abdômen. Irecê Repórter

Três pessoas da mesma família morreram e outras duas ficaram feridas em um acidente em um trecho da BA-263, em Itapetinga, no Médio Sudoeste baiano, nesta terça-feira (12). Segundo a polícia, o motorista do carro perdeu a direção em uma curva, o que fez o veículo capotar e cair em uma ribanceira. Um cachorro que estava no automóvel foi arremessado para fora do carro e também morreu.



Cinco pessoas viajavam no carro. Ainda segundo a polícia, duas mulheres morreram no local do acidente. O condutor faleceu após ser levado, com outros dois feridos, para o Hospital Cristo Redentor, em Itapetinga. Não foi informado o estado de saúde dos feridos. As vítimas são da cidade de Firmino Alves. Conforme o Itapetinga Repórter, o acidente ocorreu na saída de Itapetinga sentido Itororó, perto da Azaleia Calçados. Foto: Reprodução/Itapetinga Repórter

Vítima flagrou esposa com policial civil e acabou morto

Uma  briga envolvendo um policial civil da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core) e um ex-PM terminou com este último morto na porta de um motel localizado na Avenida Monsenhor Félix, em Irajá, na Zona Norte do Rio, na noite desta terça-feira. Segundo as informações de policiais que registraram a ocorrência, Jaime Damião Mariano Pavel, 31 anos, que também é taxista, foi morto depois de ser atingido por vários disparos.

               Crime ocorreu quando casal saía de motel em Irajá

A vítima fatal teria sido informada que a esposa estaria com o amante no Motel Sherazzade. Ele foi ao local e ficou esperando a saída dos dois para fazer o flagrante. Ao avistar a esposa e o policial civil houve uma discussão entre os três e o ex-PM, também conhecido como Jaiminho do Táxi, atingiu o policial com um tiro na perna. O agente revidou com vários tiros contra Jaiminho.

Segundo testemunhas, o ex-PM teria morrido ainda no local, mas de acordo com policiais que registraram a ocorrência, os dois foram levados para o Hospital Estadual Getúlio Vargas, onde o ex-PM não teria resistido aos ferimentos. Com o policial da Core foi apreendida uma pistola Glock calibre 45. O ex-PM portava uma calibre 380, que também foi apreendida. O Dia - Foto: Divulgação e Reprodução/TV Globo

             Vera Lúcia alegou que o veneno era para ela tomar

A mulher suspeita de envenenar o namorado no último domingo (10), no bairro do Jardim Cruzeiro, foi presa na tarde desta segunda-feira (11) por investigadores da 3ª Delegacia de Homicídios (DH/BTS), depois de receber alta médica. Vera Lúcia Almeida Lopes, 47 anos, é acusada de servir uma refeição com chumbinho para Alexsandro Ferreira Brito, 43, com quem mantinha relacionamento desde dezembro do ano passado.

Em depoimento, a agente de portaria afirmou que colocou chumbinho em duas garrafas de refrigerante e em uma de água para ela mesma beber, pois estava inconformada com o fim do relacionamento e queria se matar. Ela não confirmou que envenenou a comida do companheiro.

Alexsandro teria terminado o namoro e por isso foi vítima da ex-namorada

Vera Lúcia contou que começou a passar mal durante a madrugada de domingo, depois de beber a água envenenada, e que não sabia que Alexsandro também tinha bebido. Ela foi socorrida por uma equipe do Samu para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da San Martin e transferida para o Hospital Alayde Costa, no Subúrbio. Na unidade, ela passou por exames e procedimentos para retirada da substância, foi medicada e ficou em observação. Já Alexsandro não resistiu e foi encontrado morto.

De acordo reportagem da revista Veja on Line, a Polícia Militar prendeu por volta das 7h30 desta segunda-feira, em frente do Congresso Nacional, um manifestante ligado ao Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) que portava cerca de 20.000,00 reais em dinheiro vivo. Ele não soube explicar nem a origem do dinheiro nem o que fazia com os recursos no meio de uma manifestação sobre o impeachment da presidente Dilma Rousseff. O homem foi identificado como José Carlos dos Santos, tem 44 anos e disse que veio de São Paulo para protestar contra a votação do impeachment. Ele já foi liberado da delegacia.



Segundo relatos de policiais, o manifestante fazia parte do acampamento montado na altura do Teatro Nacional, a pouco mais de 1 quilômetro do Congresso Nacional. A PM fazia um patrulhamento de rotina, revistando as pessoas que acompanhavam a votação do parecer do deputado Jovair Arantes (PTB-GO), quando identificou o sem-terra em "atitude suspeita". "Ele estava com o pessoal do MST acampado no Teatro Nacional e estava com uma mochila quando foi abordado. Com a proximidade do patrulhamento da PM, ele ficou meio nervoso e os policiais resolveram abordá-lo com atitude suspeita", relatou um policial. Ele não deu esclarecimentos à PM e foi levado para a 5ª Delegacia de Polícia. Foto: Reprodução/Veja

*As informações são do G1

A Polícia Federal (PF) cumpre a 28ª fase da Operação Lava Jato desde a madrugada desta terça-feira (12) em cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Distrito Federal. A ação foi batizada de "Vitória de Pirro" e cumpre 21 mandados judiciais. Do total de ordens, duas são de prisão temporária, uma de prisão preventiva, 14 de busca e apreensão e quatro de condução coercitiva, quando a pessoa é obrigada a prestar depoimento.

O preso com mandado preventivo é o ex-senador Gim Argello (PTB-DF). O nome de Gim apareceu na delação do senador Delcídio do Amaral. Segundo Delcídio, Gim e outros parlamentares cobravam dinheiro de empreiteiros investigados na Lava Jato para que eles não fosses chamados para depor na CPI. Os mandados de prisão temporária são contra pessoas ligadas a ele, segundo a PF, mas os nomes ainda não foram divulgados. As medidas estão sendo cumpridas na capital de São Paulo, capital do Rio de Janeiro, Taguatinga e Brasília.

Uma criança de um ano e oito meses morreu após ser atingida na cabeça por um portão de uma igreja na tarde de domingo em Feira de Santana. De acordo com a Polícia Civil, o acidente aconteceu por volta das 12h30, na Rua do México, no bairro da Tomba.

Ainda segundo informações da polícia, a mãe Ana Caroline de Jesus Melo estava em uma aula de canto dentro da igreja da Assembleia de Deus no momento que o acidente aconteceu. Após ser atingida pelo portão, a menina foi encaminhada para uma policlínica, mas não resistiu aos ferimentos.

Na policlínica, a médica confirmou o óbito da criança e liberou o corpo para o velório, porém o fato não foi informado à Polícia Civil. Na manhã desta segunda-feira (11), por volta das 8h30, enquanto o corpo da criança estava sendo velado dentro de uma igreja a polícia chegou ao local e removeu o corpo para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Feira de Santana, para ser necropsiado.

Na madrugada deste sábado, 09, o jovem André Maia, de 21 anos, foi morto a tiros na Rua Alamarinho, Centro de Várzea da Roça. De acordo com informações, o mesmo foi atingido por seis disparos de arma de fogo. A Polícia Militar e a Polícia Civil estiveram no local para registrar a ocorrencia. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Jacobina para ser necropsiado. Não há informações sobre a autoria e motivação do crime. Informações Foguinho Eventos

Um homem ainda não identificado ateou fogo ao próprio corpo na manhã deste domingo, 10, em frente ao Palácio do Planalto, em Brasília. Ele foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros do Distrito Federal e levado ao Hospital Regional da Asa Norte (Hran), unidade de referência no atendimento a queimados.

Segundo a assessoria de comunicação dos bombeiros, o homem teve mais de 70% do corpo queimados. Ele aparentava ter entre 45 e 50 anos de idade e usava uma bermuda de tecido semelhante ao tactel ou nylon, que são materiais consumidos rapidamente pelo fogo. O homem vestia também uma camiseta, que tirou antes de jogar combustível sobre o corpo.

"Quando a equipe chegou, alguém tinha usado um extintor de incêncio na vítima. Ela estava no chão e falava palavras desconexas sobre religião", informou o coronel Alan Alexandre Araújo, chefe da Comunicação Social do Corpo de Bombeiros do DF. De acordo com o coronel, o homem não portava documentos e a identificação dele será feita pelo hospital. Agência Brasil - Foto: Corpo de Bombeiros Militar-DF | Divulgação

Dois homens morreram em uma colisão que envolveu uma moto Honda Bros em que eles estavam e um VW Polo, ocorrido  na estrada vicinal que liga os distritos de Lagoa do 33 e Catarina.

Segundo consta, o acidente ocorreu por volta das 2 da manhã deste domingo (10), e as vítimas fatais foram identificadas como José Pereira da Silva, natural de Campo Formoso, e o carona, identificado até o momento como Albenício.

 

As circunstâncias do acidente são desconhecidas e o motorista do Polo fugiu do local. A polícia faz buscas na tentativa de localiza-lo. *Informações e fotos: Bahia Acontece

Um vereador do município de Mata de São João, na Região Metropolitana de Salvador, foi preso após ser flagrado com armas de fogo e dirigindo com sinais de embriaguez, depois de se envolver em uma confusão no Bar e Restaurante Cubanakan, localizado no Jardim de Alah. Segundo informações da Polícia Militar, Elcio Ramayana Carneiro Pombo (PMDB), 38 anos, o Elcinho, discutiu com o segurança da casa e o ameaçou com uma arma.

Por volta das 23h, uma viatura da PM foi informada da confusão e, ao se aproximar para abordar o vereador, ele fugiu dirigindo um veículo modelo Honda Fit. A guarnição seguiu o suspeito e, durante a perseguição, conseguiu interceptá-lo próximo ao Costa Azul. Durante a abordagem, foram encontradas duas armas de fogo  no interior do veículo: um revólver calibre 38, com cinco munições intactas, uma pistola 9mm, com quarenta e quatro munições, além de dois carregadores de pistola calibre 380, com 30 munições.

Cinco pessoas morreram após uma batida envolvendo um ônibus e carro de passeio no Km 4 da BR-420, entre os municípios de Pojuca e Catu, na região metropolitana de Salvador. O acidente ocorreu no início da noite de sábado (9), por volta das 18h.

Conforme a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), que comanda o trecho da rodovia federal, dentre as vítimas estavam uma menina de três anos, duas mulheres e dois homens. Todas as pessoas mortas ocupavam o carro de passeio e, segundo a Polícia Militar (PM), eram da mesma família.

Informações colhidas no local do acidente apontam que a batida entre os veículos foi frontal. Ainda não há informações sobre a causa da colisão. Conforme a PM, os corpos das vítimas foram encaminhados para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Alagoinhas. G1 - Foto: Subtenente Radson Pereira / Informações Policias de Pojuca - PM

Nesta sexta-feira (8), por volta do meio dia, Carlon Oliveira Gomes, de 35 anos, foi morto a tiros no povoado de Maçaranduba, município de Baixa Grande. De acordo com informações da Polícia Militar, a vítima estava conduzindo um veículo Parati, quando foi surpreendido por dois elementos armados em uma moto. Então sofreu os disparos de arma de fogo, perdeu o controle da direção e o carro saiu da pista. Ele não resistiu e morreu no local. Carlon era natural de Ipirá, morava em Baixa Grande e colocava barraca de capeta em eventos de várias cidades da região. Fonte: Blog do Agmar Rios

A Justiça Federal da Bahia concedeu liminar ao Departamento Estadual de Trânsito (Detran-BA), nesta sexta-feira (8), que suspende a exigência do exame toxicológico para obtenção e renovação de habilitação nas categorias C, D e E. Com a decisão, o chamado "teste do cabelo" está suspenso no estado para os motoristas de ônibus, caminhões e carretas.

Segundo resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), o exame é obrigatório para condutores cujas CNHs venceram ou estão para vencer, ou aqueles que optaram por mudança de categoria. Eles precisam comprovar que não consumiram drogas ilícitas nos últimos 90 dias.

Na Bahia, 7 mil habilitações estão bloqueadas no sistema do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). Segundo o órgão estadual de trânsito, a dificuldade ocorre por “falha” no processo instituído pelo governo federal - os laboratórios não estavam inserindo o resultado do exame no sistema e o Detran-BA não pode acrescentar a informação.

A Justiça Federal da Bahia concedeu liminar ao Departamento Estadual de Trânsito (Detran-BA), nesta sexta-feira (8), que suspende a exigência do exame toxicológico para obtenção e renovação de habilitação nas categorias C, D e E. Com a decisão, o chamado "teste do cabelo" está suspenso no estado para os motoristas de ônibus, caminhões e carretas.

Dois homens foram assassinados a tiros nesta sexta-feira (8) e na madrugada deste sábado (9) em Feira de Santana, na região do Portal do Sertão baiano. Segundo informações do Acorda Cidade, o primeiro homicídio foi registrado na Avenida Iguatemi, no bairro Mangabeira. Joizivaldo Cerqueira da Silva foi baleado no pescoço, após ser surpreendido em casa por um homem ainda não identificado. Ele chegou a ser levado para o Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), mas não resistiu. A segunda morte ocorreu por volta das 3h da manhã, na Avenida João Durval. A vítima, ainda não identificada, foi atingida por cerca que quatro tiros na cabeça e no braço esquerdo. Não há informações sobre as circunstâncias e autoria do crime. BN - Foto: Reprodução

As imagens de uma agressão sofrida por um homem no distrito de Taquarendi, município de Mirangaba, a cerca de 400 km de Salvador, na tarde do último domingo (29), está repercutindo nas redes sociais. Conhecida na região como "Zelinho", de aproximadamente 40 anos, a vítima foi golpeada com um soco que deslocou seu maxilar e que o deixou desmaiado por cerca de 5 minutos, conforme relatado por testemunhas. O autor da agressão é apontado como o sargento da Polícia Militar Raul da Conceição Barbosa, popularmente chamado de "Raul da Mirangaba".

Segundo um morador, que preferiu preservar sua identidade, a guarnição policial chegou ao local e pediu a documentação da motocicleta de "Zelinho", sob a suspeita do veículo estar irregular. Ainda de acordo com o relato, o sargento pediu que o proprietário da moto apresentasse a documentação. O dono da moto não teria hesitado em apresentar o registro, porém, por conta de uma suposta demora foi chamado de "moleque". Através do vídeo é possível ouvir o trecho em que "Zelinho" responde: "Não sou moleque, e se você é homem eu também sou". Mal terminou a frase e foi golpeado.

Após o ocorrido, o militar colocou a moto na viatura e a levou para a Delegacia Territorial. Amigos e familiares chamaram uma ambulância que socorreu a vítima para o Hospital Antônio Teixeira Sobrinho. Ele chegou a ser transferido para o Hospital Geral do Estado (HGE), em Salvador, antes de voltar para o interior. Moradores do distrito afirmaram que a vítima é "pai de família, direito e não tem passagem pela polícia".

Segundo o Comando da 24ª Companhia Independente (CIPM), "Raul da Mirangaba", que atua a cerca de uma década na região de Jacobina, está afastado dos serviços e responderá a um processo administrativo. Bocão News

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) flagrou, na madrugada desta quinta-feira, 7,  um motorista profissional cometendo crime de exploração sexual contra uma adolescente de 14 anos, nas proximidades da BR 116, em Jequié.

A ação foi desencadeada durante uma operação com foco no combate à exploração sexual infantil. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), por volta das 1h, alguns agentes perceberam que o condutor de um caminhão colocou uma adolescente para dentro da cabine do veículo, em atitude suspeita.

Ao abordar caminhoneiro, os policiais constataram o crime. Ao ser questionado pelos policiais o motorista - que é casado e dirige um caminhão emplacado em Teresina no Piauí - confessou a exploração sexual contra a jovem.

A adolescente, por sua vez, confirmou o "programa" com o caminhoneiro e disse cobrar R$ 10 pelo ato. Diante dos fatos, o condutor e a menor foram encaminhados para a polícia judiciária local para os devidos esclarecimentos.

Cafe beira rio
Abreu